domingo, 7 de fevereiro de 2016

UNIDOS DA TIJUCA


Última escola a entrar na Sapucaí, a Unidos da Tijuca apostou numa grande festa com dança de quadrilhas e dez violeiros. O enredo falou sobre a terra e a agricultura familiar. Uma coreografia do desabrochar de flores e a reprodução de 24 quadros de Portinari foram trunfos da escola, além de suas já tradicionais alegorias humanas.

Cozete Gomes